Incêndio em fábrica de papel e cartão em Santa Maria da Feira – PÚBLICO

Um incêndio de grandes proporções deflagrou ao começo da noite de segunda-feira numa fábrica de papel em Rio Meão, Santa Maria da Feira. Para já não há registo de vítimas, apurou o PÚBLICO junto de fonte da Protecção Civil.

O primeiro alerta de chamas na fábrica de papel e cartão Zarrinha, onde trabalham cerca de 200 pessoas, chegou por volta das 21h46. Às 23h30 estavam no local 107 operacionais, incluindo profissionais da GNR e da EDP, apoiados por 38 viaturas de combate às chamas. Contacto pelo PÚBLICO, fonte da GNR de Aveiro diz que ainda não houve necessidade de evacuar casas nas proximidades da fábrica.

A causa exacta das chamas ainda não foi identificada. 

Em declarações ao JN, o vereador da Protecção Civil da câmara da Feira, Vítor Marques, diz que encontrou um “cenário dantesco” quando primeiro chegou ao local mas que desde as 23h que a situação parecia estar sob controlo dos bombeiros. À meia-noite, o incêndio continuava activo, mas Vítor Marques confirmou que deveria entrar brevemente numa fase de rescaldo. 

O trabalho dos bombeiros deve prolongar-se ainda várias horas. As autoridades permanecem preocupadas com um depósito de gás próximo da fábrica tendo sido criado um cerco para evitar a propagação das chamas. 

Share:

Geef een reactie